Crianças com déficit de atenção, hiperatividade, agressividade, autismo: amenize esse sofrimento de forma natural.

Esses problemas do título infelizmente estão se tornando comuns entre os pequenos. Talvez antes já houvesse a mesma proporção de crianças afetadas por esses males, e faltasse diagnóstico médico. Existem várias hipóteses para a intensificação de crianças diagnosticadas com hiperatividade, autismo, déficit de atenção, ou que mesmo sem diagnóstico se mostram antissociais, agressivas etc. Mas não é dos motivos que vamos falar.

É fato que essas crianças estão aqui, com suas famílias, com várias dificuldades perante o mundo. E a aromaterapia está aqui também, e pode ajudar a amenizar e até reverter quadros assim. Conheça uma pesquisa científica que observou melhoras em crianças autistas após terapias com aromas. E depois veja como aplicar aromaterapia nos pequenos que sofrem com autismo, déficit de atenção ou hiperatividade, trazendo-os para o aqui e agora, dando-lhes aterramento, presença.

Estudo Científico: aromaterapia e autismo

Um estudo investigou as possíveis melhorias causadas por massagens aliadas à aromaterapia na atenção e no comportamento de crianças com autismo e dificuldades severas de aprendizado. A massagem com óleos essenciais foi feita diariamente, na escola, sempre no mesmo horário, e essas crianças foram observadas durante oito meses.

Os resultados mostraram que a atenção dessas crianças aumentou após a inserção das sessões de massagem, e que outros aspectos do seu comportamento também mudaram ao longo da pesquisa. O envolvimento familiar na pesquisa, intensificado após os primeiros resultados positivos, permitiu que as sessões de massagem passassem a ser feitas em casa, intensificando ainda mais os laços familiares e aumentando os resultados.

O uso do toque no desenvolvimento da sociabilidade e da comunicação já foi muito estudado e discutido. Mas esse estudo foi além disso, estimulando as crianças de forma multi-sensorial, agregando aromaterapia. Tisserand (1988), o grande mestre da aromaterapia diz que nós respondemos aos cheiros emocionalmente, e não intelectualmente. Os aromas ativam o sistema límbico, responsável pelas sensações e emoções.

Criou-se no estudo também a chamada memória olfativa, que já leva a criança a esperar sensações boas ao sentir o cheiro dos óleos essenciais usados na massagem. Em outras palavras, quando as crianças entravam na sala de terapias e sentiam o cheiro dos óleos essenciais, não só o seu sentido do olfato era imediatamente estimulado, mas também seu senso de emoção. Isso explica como as crianças que muitas vezes estavam em dias difíceis, com crises de agressividade, tinham seu estado emocional alterado quando entravam na sala de terapia, sentiam os aromas e percebiam que a massagem iria começar.

Como podemos fazer em casa o tratamento com as crianças?

A massagem nos pés é uma ferramenta incrível para o desenvolvimento das crianças. Criar um ritual com elas para isso, um momento de compartilhamento, de parceria, de tranquilidade, é proveitoso em qualquer situação. Pode ser depois do banho, antes de ir pra escola, quando vocês chegam em casa no fim do dia, antes de dormir. Tirem esse tempo não só para a massagem, mas para estreitar os laços, para perceberem um ao outro.

Outra possibilidade para a inserção de óleos essenciais na rotina da criança, para incentivar melhoras nesses problemas, é o uso do difusor pessoal. Um colarzinho com uma peça de cerâmica onde você pinga uma gota de um óleo essencial específico, normalmente pela manhã. E a criança fica sentindo aquele aroma durante o dia, ativando o sistema límbico, gerando novas sensações e provocando mudanças de comportamento.

Nesse vídeo Daiana Petry dá dicas de óleos essenciais altamente indicados para esses casos de hiperatividade, déficit de atenção, agressividade e autismo:

Fique de olho aqui no site da Harmonie para saber sobre novas turmas do curso de aromaterapia, cosmetologia natural, entre outros.

Os óleos essenciais citados no vídeo, o colar difusor pessoal, o creme neutro e vários outros itens você encontra aqui na loja virtual da Harmonie.

Óleo essencial de Vetiver
Óleo essencial de Vetiver
Creme Base Neutra 100% natural
Creme Base Neutra 100% natural
Difusor Pessoal
Difusor Pessoal
Óleo essencial Cedro
Óleo essencial Cedro
Óleo essencial Lemongrass
Óleo essencial Lemongrass

Referências:

SOLOMONS, S. Using aromatherapy massage to increase shared attention behaviours in children with autistic spectrum disorders and severe learning difficulties. British Journal of Special Education • Volume 32 • Number 3 • 2005

Tisserand, R. Aromatherapy for Everyone. London: Penguin, 1988.

18 comentários em “Crianças com déficit de atenção, hiperatividade, agressividade, autismo: amenize esse sofrimento de forma natural.

    1. Oi, Eveline. Você pode comprar os óleos essenciais e o material necessário na nossa loja virtual ou pessoalmente aqui no centro de Florianópolis, ou de qualquer marca que seja confiável. Só óleos essenciais de verdade farão esse efeito.

    1. Oi, Lucimara, pode também, na mesma proporção que o Lemongrass. Ele vai ter efeito.
      Porém o uso do cedro com vetiver vai buscar alterações profundas, e nesse caso a recomendação por uso no difusor possibilita mais tempo de contato com os óleos.

    1. Oi, Vanise. Para insônia dos pequenos podes fazer um creminho com óleo essencial de lavanda OU lemongrass. Na mesma proporção do video. Passe nos pés ou no peito da criança, massageando um pouco antes de dormir. Pode usar também no difusor de ambiente, coloque na tomada logo antes de a criança entrar no quarto para dormir.

  1. ola… vc disse para usar cedro e vetiver no difusor pessoal, uma gota de cada. Contudo, minha filha tem apenas 3 anos e não fica com o colar. Teria alguma outra dica de uso? posso passar direto nos pulsos ou sola dos pés, ou faria uma diluição? obrigada

    1. Oi, Mabel. Nunca use os óleos essenciais puros na pele (a não ser que você tenha muito conhecimento sobre eles). Podem causar dermatites, sensibilizações e outros problemas mais sérios. Uma diluição para usar dessa forma que falaste é um jeito muito bom. Podes diluir em creme ou gel neutros ou óleo vegetal, 10 gotas de cedro e 10 gotas de vetiver para 50g da base escolhida. Aplique essa mistura em massagens nos pés e joelhos. Outra opção é usar os óleos essenciais no difusor de ambiente, enquanto a criança brinca ou estuda.

  2. Oi
    Para um jovem de 25 anos com sindrome de asperger. Tem muita dificuldade de concentração, usa rivotril na época de provas para ajudar. Vertiver seria a melhor opção?

    Grata

    1. Oi, Jerusa.
      Sim, o Vetiver é um óleo essencial que pode trazer benefícios para ele no geral. Mas, especialmente para a questão de concentração, podes inserir o óleo essencial de alecrim (se ele não tiver problemas de hipertensão ou epilepsia) ou o de limão (pode causar fototoxidade).

  3. Bom dia!
    Essa mistura do óleo essencial em cremes ou em óleos vegetais, dura quanto tempo?
    Preciso fazer a mistura a cada uso ou posso fazer essa mistura e deixar em um potinho e ir usando diariamente?

  4. Gratidão por seus vídeos. Adoro!
    Meu filho é autista , tem 15 anos. Queria saber se esses três óleos, também trabalham a resistência, inflexibilidade para aceitar novas situações. Ele inclusive não aceita usar o colar .
    Gratidão 🙏🏼

    1. Oi Rosenilda, pode usar para esta finalidade sim. 😉 irão ajudar e muito! Comece por aromatização ambiental ou creme para aplicar através de massagem nos pés.

Deixe uma resposta