Jornada da Independência – Mãe & Filho

Seja bem-vinda(o) à nossa jornada da independência, um caminho de auto-conhecimento e reflexão, com a ajuda dos óleos essenciais. Nesse primeiro capítulo, reflexões sobre a relação entre mãe e filho. E claro, pitadas de aromaterapia.

   

No primeiro capítulo da nossa série vamos tratar desse assunto tão delicado que é a relação que temos com nossa mãe, e também com nossos filhos, caso os tenhamos.

São relações extremamente fortes, essas são pessoas de total importância na nossa vida. E justamente por isso é muito fácil que essas relações acabem nos sufocando, fazendo mal apesar de tamanho amor envolvido. Nosso objetivo é alinhar algumas ideias-chave para equilibrar esses relacionamentos, e podermos vive-los de forma leve, independente.

 

De mim para trás: Lidar com minha mãe e meus antepassados

 

     

 

O amor da mãe para um filho é o maior sentimento que pode existir. Tenha certeza que tudo o que ela fez por você foi na tentativa de fazer o melhor. Ainda que outra pessoa tenha ocupado esse lugar na sua criação, sua mãe biológica te amou, esperou por você, te sentiu crescendo em seu ventre, te colocou no mundo. Esse laço é muito forte, incondicional, muito maior do que qualquer fato que tenha acontecido depois. Graças a essa pessoa você está aqui lendo esse texto. O elo entre mãe e filho nunca é rompido.

Você pode não ter sido criado por sua mãe biológica. Mas ainda assim é óbvio que ela foi fundamental para a sua existência, e há de se aprender a lidar com os sentimentos advindos dessa separação. Alguém ocupou o papel de cuidar de você, ajudou a delinear suas características, te trouxe valores, ensinamentos. Essa pessoa também merece suas reverências, também é sua mãe.

Independente da relação que você tenha hoje com sua mãe, essa relação fica mais suave quando se consegue desenvolver um sentimento de respeito e gratidão profunda por ela e por todos os seus outros antepassados. As histórias deles, honrosas ou tortas, foram fundamentais para te trazer ao mundo. Esse é o maior presente que se pode ganhar, a vida.

 

Óleo Essencial de Ylang – Harmonie Aromaterapia

Um óleo essencial que nos incentiva a desenvolver esse sentimento de gratidão é o Ylang-Ylang. Ele ajuda também a suprir necessidades afetivas de mãe e filho que tivemos na infância, carências emocionais que talvez nem percebamos conscientemente, e que se refletem em hábitos e sensações que temos até hoje.

 

Durante essa semana, use uma gotinha do óleo essencial de ylang ylang no colar difusor todos os dias, e tente refletir um pouco sobre o assunto. Em breve teremos uma meditação guiada para te ajudar a olhar mais ainda para essa questão.  E venha nos contar como foi a experiência!

 

De mim para frente: Meus filhos para o mundo

 

     

 

Resolvida (ou remexida ao menos) essa questão com a mãe, é hora de olhar pra frente, para a sua criação: seus filhos. Pessoinhas que cresceram dentro de você, que vieram ao mundo através do seu corpo. Ou, não, de repente você se tornou mãe de um filho que já estava no mundo. Criaturas que, após o nascimento, dependeram totalmente de você por tanto tempo.

Como, depois de tanto empenho, conseguir deixá-los tomarem rumo próprio? Como se convencer totalmente da ideia de que eles crescem, ficam cada vez mais independentes, e vão correr o mundo? É bem possível, e até provável, que você já saiba desde sempre que o filho é uma criação sua, mas não te pertence. Mas sim, é difícil lidar.

Veja, ninguém pertence a outra pessoa. Seus filhos são do mundo, não seus. Você foi o canal necessário para a existência deles, e isso é muita coisa. Um mérito gigante, que ninguém é capaz de tirar. O cuidado que você teve com eles, a atenção, o tempo dispendido, são provas de amor indiscutíveis, mas são uma doação. Não espere que eles abram mão de ter as próprias experiências para viver através do véu das suas. Deixe sua cria ser dona do próprio nariz, deixe que leve o seu brilho para o mundo. Seus filhos aprenderam muito com você, confie.

 

     

Há dois óleos essenciais que podem ajudar nesse  processo de “deixar fluir”, que não é tão simples quanto parece. O óleo essencial de canela ajuda a deixar de lado a necessidade de superproteção. Ele ensina a ver, e ter certeza, de que seu filho aprendeu o bastante. Ele é capaz de cuidar da própria vida, e vai fazer isso da melhor maneira que puder. E o óleo essencial de eucalipto ajuda a deixar esse processo mais leve, liberar sem culpa e, aí sim, deixar fluir a vida.

 

Assista nossa live sobre o tema: Daiana Petry – Jornada da Independência – Mãe e Filho

https://www.youtube.com/watch?v=VTeOxTbVlPA

 

Meditação Guiada: Daiana Petry – Jornada da Independência – Mãe e Filho

https://www.youtube.com/watch?v=CI7O3dcG_NY&t=337s
      

Caso você sinta que precisa trabalhar o tema, recomendamos que aproveite essa semana para se voltar para isso, perceber, dialogar, meditar. Nos próximos encontros iremos entrar ainda mais nessa Jornada de autoconhecimento e independência.

 

Esse é o primeiro capítulo da Jornada da Independência, veja quais serão os próximos:

1) Independência mãe-filho (Você está aqui)

2) Independência casal – (Clique aqui)

3) Independência financeira (Clique aqui)

4) Independência das ideias e dos grupos em que se está inserido (Clique aqui)

5) Final: Ser independente para oferecer o seu melhor – (Clique aqui)

 

 

7 comentários em “Jornada da Independência – Mãe & Filho

    1. Oi, Maria.
      Com o óleo essencial a semana fica muito mais intensa e ressignificativa. Porém, não deixe de trabalhar esse assunto, mesmo com a falta do óleo essencial. Faça a nossa meditação, acompanhe os textos no blog, cada passo é importante.

Deixe uma resposta