3 óleos essenciais detonadores de celulite

Lipodistrofia ginóide é o nome científico desses furinhos na pele, que deixam uma textura de casca de laranja. Celulite é uma coisa chata, né? E incomoda mais ainda no verão, quando a gente mostra mais o corpo.

Pois esse é mais um problema que a aromaterapia pode te ajudar a resolver. Hoje vamos te apresentar três óleos essenciais ótimos para minimizar a aparência da celulite. Mas primeiro vamos entender como ela se forma e quais são os mecanismos necessários para tratá-la.

Como se forma a celulite

Mesmo após muito estudo científico acerca da celulite, ainda não se chegou a um consenso sobre o motivo de ela se formar. Mas as duas principais teorias são:

  • A primeira a descreve como sendo um edema crônico no tecido conjuntivo. Ou seja, um inchaço que persiste por muito tempo, que resulta em fibrose desse tecido. A fibrose seria um reação natural do corpo, querendo promover a cicatrização. Porém essas fibras repuxam a pele para baixo em alguns pontos, e isso dá a aparência dos furinhos característicos da celulite.

  • A outra teoria é baseada em alterações no sistema circulatório. Com o aumento de peso, as células de gordura (adipócitos) incham, e isso leva à compressão de veias e vasos linfáticos. Essas alterações levam à formação de edemas, que aqui seriam um efeito, e não mais o causador, como na versão anterior.

Fato é que o aumento das células adiposas, a falta de circulação correta do sangue e da linfa e a fibrose de certos tecidos levam ao surgimento da celulite na pele.

Como tratar a celulite

Agora que vimos como ela se forma é mais fácil de entender os métodos possíveis de combate à celulite. Existe hoje uma infinidade de tratamentos cosméticos com massagens, aplicações tópicas, aplicações subcutâneas, laser, etc. A maior parte deles se baseia em pelo menos um desses mecanismos de ação:

  • Aumento do fluxo de sangue local, que ajuda na eliminação da linfa e reabsorção dos edemas.

  • Lipólise, ou seja, a emulsificação das células de gordura.

  • Reestruturação e fortalecimento das camadas da pele e do tecido de gordura presente, impedindo a formação da celulite.

Óleos essenciais para tratar celulite

De acordo com esses mecanismos de tratamento, separamos alguns óleos essenciais que ajudam, e muito, a reconquistar aquela pele lisinha. Anota aí:

1- Canela

O óleo essencial de canela é termogênico, aquece (muito) a região onde é aplicado. Com isso atua na emulsificação de gordura.

O aquecimento que ele promove também provoca o aumento da circulação de sangue, que ajuda a remover toxinas acumuladas entre os tecidos. O óleo de canela também acelera o metabolismo e tem a capacidade de reforçar o tecido conjuntivo, reconstruindo a pele e eliminando a celulite ao longo do tratamento.

ATENÇÃO: Esse óleo essencial pode irritar a pele e deve sempre ser muito diluído e testado antes do primeiro uso. Não deve ser usado por gestantes, hipertensos e epiléticos.

2- Erva doce

Esse óleo essencial tem um forte poder diurético, que promove a eliminação de líquidos retidos e, com isso, diminui os inchaços crônicos causados pela celulite. Com isso também elimina muitas toxinas do corpo, causando um efeito detox. O óleo essencial de erva doce também emulsifica gordura, que é a grande chave para a diminuição da aparência de casca de laranja. Além disso ele também possui propriedades levemente laxantes, que auxiliam quem tem intestino preguiçoso.

3- Limão siciliano

Todos os óleos essenciais cítricos auxiliam na redução das células de gordura – laranja, limão, grapefruit, tangerina, etc. Eles evitam a acumulação da linfa e ajudam na firmeza da pele.

Porém o óleo essencial de limão possui algumas características especiais. É um emulsificante de gordura muito potente, além de ser um ótimo diurético e depurativo do sangue, características que auxiliam na eliminação de líquidos e toxinas. Além de tudo isso ele é um ótimo cicatrizante, que irá atuar nas fibroses subcutâneas que falamos anteriormente, e assim diminuir a aparência da celulite.

ATENÇÃO: Todos os cítricos aplicados na pele não podem entrar em contato com o sol, pois causam queimaduras.


Como usar

100g de base – pode ser creme neutro, gel, sabonete ou óleo vegetal.

3 gotas de óleo essencial de canela

7 gotas de óleo essencial de erva doce

7 gotas de óleo essencial de grapefruit

10 gotas de óleo essencial de limão siciliano

Misture bem os ingredientes e aplique todos os dias nas regiões afetadas massageando com força, usando movimentos de drenagem linfática (procure dicas na internet). Utilize antes das atividades físicas ou à noite. Não se esqueça que essa preparação é fototóxica, então não utilize-a em contato com o sol.


Essa preparação é realmente muito potente, mas não é milagrosa. Beba bastante líquido e alie esse tratamento a uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos. Com isso logo você verá a diferença.

Todos os óleos essenciais citados nesse texto e as bases para creme, gel, etc, você pode encontrar na nossa loja virtual. Clique na imagem de cada óleo essencial para ser redirecionado para a página de vendas.

Referências

Mecanismos de tratamento para celulite. Disponível em: <http://www.lineadermatologia.com.br> Acesso em 04/12/17.

DAVID, et al. Lipodistrofia ginoide: conceito, etiopatogenia e manejo nutricional. Rev Bras Nutr Clin. Vol. 26, n. 3.: 202-6. 2011.

22 comentários em “3 óleos essenciais detonadores de celulite

  1. Muito obrigada pelo post! Sempre bom saber de tratamentos alternativos que acabem de uma vez por todas com as celulites pois já tentei de tudo! Vou testar esse óleos para ver se me ajudam! Parabéns pelo trabalho!

    1. Oi, Lu. Quem amamenta deve se restringir aos cítricos, que não tem potencialidade de interações negativas. Só cuide com os efeitos do sol. =)

  2. Olá Cristiane, muito obrigado por tantas informações preciosas!
    posso misturar os OE com cremes que não são base neutra? tenho um creme de produtos naturais e que contém gengibre para massagem.
    se for possível, aguardo retorno e parecer.
    obrigado
    abraços
    Com Deus.

    1. Oi, Mari. Que bom que foi útil =)

      Sobre misturar com cremes já prontos, não indicamos. Os óleos essenciais podem interagir de forma ruim com os princípios ativos presentes no creme. Outro motivo é que os cremes convencionais muitas vezes possuem derivados do petróleo, que além de tamparem os poros, prejudicando a saúde da pele, impedem a absorção dos óleos essenciais, e diminuem sua eficácia.
      Se não tiver um creme neutro, utilize um óleo vegetal de boa qualidade, que será ótimo!

    1. Oi, Catarina. O pŕoprio creme ou o gel base que sugerimos tem sua conservação padrão. Não é necessário adicionar outros conservantes.

    1. Oi, Adrielle. NÃO (em letras grandes mesmo).

      Primeiro, óleo essencial na água não irá diluir, irão se formar duas fases. E isso não seria legal nem para usar na pele, porque estarias usando na maior parte do tempo uma água sem princípio ativo, e em algum momento irias passar o óleo essencial puro, sem diluição, que pode ter vários problemas de sensibilização e alergias.

      E segundo lugar, e mais importante. Se posso te dar um conselho é: NÃO beba óleo essencial.
      O uso interno dele não é seguro. Não há pesquisas que afirmem isso, e ele sendo um produto tão concentrado, pode causar vários problemas no contato com as mucosas digestivas e ser absorvido de formas variadas que não conseguimos nem imaginar. Nem é permitida a venda de OE como produto de uso interno no Brasil.

      1. Engraçado que algumas consultoras da doTErra nos incentivam a ingerir óleos essenciais, dizendo que há um termo CTPG acho, que permite a ingestão dos óleos deles. Vc sabe mais a respeito? Bjs e obrigada

        1. Oi, Dana.
          Isso é como um protocolo de controle de qualidade criado por eles e que, curiosamente, só eles possuem.

          Mas a questão de ingerir óleos essenciais vai muito além da pureza da matéria-prima. O óleo essencial é extremamente concentrado. Há toda uma interação com mucosas e órgãos, diferentes pHs, diferentes processos de absorção, que não foi estudada a fundo pela ciência. Existe sim o risco de super-absorção e de desenvolvimento de gastrite e outras inflamações de boca, garganta e todo o sistema digestivo, além do sistema respiratório. E ultimamente tem acontecido muitos casos graves de intoxicação pela ingestão de óleos essenciais.

          Nós da Harmonie, não indicamos a ingestão.

    1. Oi, FLávia. Nunca testamos essa junção. É necessário que saibas os requisitos que o creme precisa ter para que o aparelho funcione corretamente.

  3. Gente, essa preparação é maravilhosa! Fiz há um mês e já vejo resultado.. e nem estou muito ativa nos exercícios físicos. Gratidão, Harmonie <3

Deixe uma resposta