Após a menopausa chegar: Fique mais leve com óleos essenciais.

Já comentamos outras vezes aqui que após a chegada da menopausa o organismo das mulheres muda, o metabolismo fica mais lento, parece que algumas necessidades do corpo não são supridas como antes. Não é raro vermos mulheres nesse período da vida com dificuldades para emagrecer, e mais do que isso, com facilidade para engordar. Mesmo cuidando da alimentação e se exercitando é mais difícil manter o corpo como antes.

Dois dos principais motivos para o aumento de peso na menopausa são o acúmulo de gordura localizada – mais do que em fases anteriores da vida – e a constipação intestinal, o famoso intestino preso. Pesquisas envolvendo óleos essenciais têm sido feitas nesse sentido, e muitos resultados positivos já foram obtidos.

Veja a seguir porque ocorrem esses problemas, conheça as soluções naturais encontradas em pesquisas científicas e aprenda a combater esses sintomas com fórmulas naturais e vegetais usando como princípio ativo os óleos essenciais.

Gordura localizada

Após a menopausa, as mulheres tendem a acumular gordura ao redor dos quadris, na parte interna das coxas e nos glúteos. Uma vez formadas, as células de gordura em nosso organismo podem aumentar ou diminuir de tamanho (ou até mesmo se multiplicarem), mas infelizmente nunca desaparecem. Essa característica ajuda a explicar a dificuldade das mulheres – sobretudo em época de menopausa, com as variações hormonais – em se eliminar gordura de maneira permanente.

Um estudo científico1 buscou perceber o efeito de massagens associadas com aromaterapia na gordura abdominal em mulheres que já passaram pela menopausa. As participantes receberam massagem corporal durante uma hora em intervalos semanais num período de seis semanas. Elas também se comprometeram a fazer automassagem no abdômen duas vezes por dia, todos os dias nessas mesmas seis semanas. A massagem foi feita usando como base óleo vegetal de semente de uva com os óleos essenciais de grapefruit e cipreste.

Ao fim desse estudo percebeu-se uma diminuição considerável da gordura abdominal e também da circunferência da cintura das mulheres, em relação a um grupo controle (no qual se aplica a massagem da mesma forma, porém sem os óleos essenciais como ativos). As mulheres que receberam a massagem com os óleos essenciais relataram que sentiram a diferença no corpo e disseram que sua imagem corporal estava melhor.

Um tratamento relativamente rápido que trouxe bons resultados e sem efeitos colaterais. E nesse contexto percebemos que a diminuição de peso trouxe benefícios físicos e também emocionais, por aumentar a autoestima nessa fase tão sensível da vida feminina.

Prisão de ventre

A sensação desconfortável de ficar muito tempo sem ir ao banheiro, chamada também de constipação intestinal é comum a pessoas de todas as idades. Se isso acontece ocasionalmente não é considerado um problema sério. Porém muitas pessoas percebem que com o avanço dos anos o intestino passa a não funcionar tão bem quanto antes. A idade não tem ligação direta com a constipação, mas traz problemas que podem levar a ela, como diabetes, complicações provenientes de partos, certos medicamentos, desregulação da tireoide, alimentação, entre outros.

A constipação intestinal pode causar aumento de peso, e não só por causa das fezes que já não deveriam estar ali. O nosso intestino tem a função de absorver o que deve ser aproveitado pelo organismo, e com um bom trânsito intestinal essa função flui bem. Mas quando os alimentos ficam parados por muito tempo, o corpo acaba absorvendo mais do que deveria, e há um prejuízo na qualidade do que é absorvido.

Um estudo2 verificou o efeito da aromaterapia aliada a massagens nos casos de constipação em pessoas mais idosas. Durante dez dias um grupo de pessoas com queixas de prisão de ventre recebeu massagens no abdômen com óleo essencial de alecrim, limão e hortelã pimenta. Cada caso foi avaliado usando uma escala de avaliação de constipação e também pela contagem de “idas ao banheiro”.

O resultado foi muito satisfatório. O grupo no qual o experimento foi aplicado conseguiu diminuir consideravelmente o grau de constipação intestinal em relação ao grupo controle, e diminuiu também o desconforto causado por esse problema.

O corpo inteiro se comporta melhor quando a digestão funciona bem, os nutrientes voltam a ser absorvidos de forma eficiente, o corpo obtém as vitaminas e sais minerais necessários, o metabolismo é equilibrado, o sistema imunológico responde melhor. E com o retorno de todos esses benefícios, a tendência é que o peso diminua também.

Magra e saudável na menopausa

Veja as receitinhas da Daiana para combater as gordurinhas localizadas e acabar com a prisão de ventre – ao mesmo tempo.

Receitinha para acabar com a gordura localizada & prisão de ventre

30mL de óleo vegetal de semente de uva ou creme neutro.

05 gotas de óleo essencial de cipreste

04 gotas de óleo essencial de grapefruit

02 gotas de óleo essencial de alecrim

Aplique na região da barriga em movimentos horários, nos “culotes”, no bumbum, massageando vigorosamente até que todo o óleo seja absorvido. Faça isso todos os dias para logo perceber a melhora.

ATENÇÃO: Essa formulação não é recomendada para hipertensos e epiléticos.

Outra dica legal: Procure na internet como fazer uma automassagem eficiente. Os movimentos corretos no seu corpo vão facilitar a penetração dos óleos essenciais na pele. Dependendo de como a massagem for feita, pode te ajudar a amenizar a retenção de líquidos, funcionando como uma drenagem linfática, e até podem ser uma ajuda mecânica para que o intestino funcione melhor.

Os óleos essenciais que foram citados, o óleo vegetal e o creme neutro, além de muitos outros produtos, você encontra aqui na loja virtual da Harmonie.

Referências

1. Kim HJ.   Effect of Aromatherapy Massage on Abdominal Fat and Body Image in Post-menopausal Women.   J Korean Acad Nurs. 2007 Jun;37(4):603-612.   https://doi.org/10.4040/jkan.2007.37.4.603

2. Kim MA, Sakong JK.   Effect of Aromatherapy Massage for the Relief of Constipation in the Elderly.   J Korean Acad Nurs. 2005 Feb;35(1):56-64.   https://doi.org/10.4040/jkan.2005.35.1.56

4 comentários em “Após a menopausa chegar: Fique mais leve com óleos essenciais.

  1. Daiana, gostaria de saber se posso usar essa receita de creme pois sou hipertensa mas tomo medicamento para controlar. Caso não seja possível, teria alguma sugestão para que eu posso usar?

    1. Se sua pressão estiver beeeem controlada pode usar sim, pois há dois óleos essenciais que reduzem a ação do alecrim na pressão arterial.

    1. Oi, Marcia.
      Se você for fazer uso desse óleo essencial, aplicá-lo em momentos em que não ficará muito próxima ao seu marido já resolve a situação.

      Se for para ele mesmo, pode substituir pelo manjericão nesse uso específico.

Deixe uma resposta